Deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) — Foto: Divulgação/Assessoria

Dados recentes divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), apontam que 17,5 milhões de pessoas morrem por ano no mundo em decorrência de doenças do coração. De posse destas informações e tendo conhecimento da falta de algumas medicações para tratar pacientes com problemas sérios no coração, o deputado Vivaldo Costa (PSD) está solicitando providências neste sentido.

O parlamentar encaminhou requerimento pedindo para que seja garantido o abastecimento de trombolíticos para o atendimento do Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e acidente vascular cerebral (AVC) nos hospitais regionais e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU. Além de deputado, Vivaldo é médico e sabe o quanto o serviço de saúde público precisa melhorar.

No Brasil, até o final de dezembro, mais de 260 mil pessoas já haviam morrido por causa de doenças cardiovasculares em 2018. “Esta medicação é usada para infarto e AVC. Se o paciente chegar em tempo hábil e tiver todos os critérios preenchidos para fazer a terapia trombolítica, a vida é salva sem precisar para fazer qualquer intervenção cirúrgicas. Esta medicação é muito importante tanto nos hospitais regionais quanto no SAMU”, defendeu.

O pedido será encaminhado a governadora Fátima Bezerra e ao secretário de saúde Cipriano Maia.