Parlamentar disse que os prefeitos e o governo precisam apresentar políticas públicas e orientações no combate ao coronavírus — Foto: Divulgação

O deputado Vivaldo Costa (PSD) está preocupado com a grande mortalidade dos idosos no Rio Grande do Norte, vítimas da Covid-19. A aflição foi externada em pronunciamento, durante sessão remota nesta terça-feira (7), na Assembleia Legislativa. O parlamentar disse que os prefeitos e o governo precisam apresentar políticas públicas e orientações no combate ao novo coronavírus. Lembrou que estas informações devem atingir diretamente os mais velhos, já que compõe o grupo prioritário.

Vivaldo que é médico há 52 anos fez questão de lembrar que os prefeitos estão com estrutura para proteger os idosos, já que receberam recursos do Governo Federal. Sugeriu investir nas teleconsultas, intensificar visitas dos médicos do Projeto Saúde da Família, Agentes de Saúde, Endemias, orientando e monitorando de perto os que têm mais idade.

“Sempre quem paga a fatura são os mais humildes. Aqueles que não têm moradia, os que moram na rua ou em casas inadequadas. Agora é a hora dos prefeitos chegarem perto, levando o Programa Saúde da Família, apoiando, levando informações. É preciso orientar as pessoas, principalmente os idosos de como devem se comportar para evitar a mortalidade. Os prefeitos estão com recursos e não devem perder tempo com reuniões sem fim, precisam agir. Apoiar os idosos para que eles continuem em casa e evitem sair as ruas”, defendeu.