Parlamentar disse que além do Governo do Estado, as prefeituras receberam recursos do Governo Federal — Foto: Divulgação

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD), fez pronunciamento nesta segunda-feira (22) durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa. O parlamentar requereu a Governadora, Fátima Bezerra (PT), que realize uma parceria com os prefeitos da região do Seridó, beneficiando diretamente o Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, em Caicó. A unidade de saúde tem sido referência no tratamento do enfretamento à Covid-19.

Vivaldo disse que além do Governo do Estado, as prefeituras receberam recursos do Governo Federal e precisam ser parceiras do hospital regional para que ele continue prestando um serviço de relevância aos seridoenses. “É à hora do Pacto pela Vida funcionar. O Governo do Estado entra com uma parte, as prefeituras com outra. Desta forma é possível manter o bom nível de atendimento ao Seridó. Os hospitais regionais, todos eles, estão sendo bancados praticamente com recursos do Governo do Estado e a prefeitura local (onde estão instalados). As outras prefeituras precisam contribuir. Isso tem acontecido em Caicó, o Hospital que tem sido muito bem administrado pela Dra. Maura, uma professora universitária com experiência administrativa. A prefeitura de Caicó tem sido parceira, mas todas as outras precisam também ajudar”, contou.

Vivaldo remaneja R$ 2 milhões em emendas para combate à Covid-19

Ainda no início da pandemia, Vivaldo anunciou o remanejamento de toda sua emenda individual, no valor de R$ 2 milhões de reais, para o enfrentamento a Covid-19 no Seridó. Até o fechamento desta matéria já estava autorizado o valor de R$ 200 mil reais para a prefeitura de Caicó.

Repasses do Governo Federal aos Municípios

As prefeituras dos 167 municípios do Rio Grande do Norte receberam mais de R$ 100 milhões para gastos no combate à covid-19. Do total, mais de R$ 25 milhões foram utilizados para pagar despesas. Apenas 109 municípios passaram informações ao Ministério Público do Estado. Outras 58, por outro lado, não divulgaram os gastos. De acordo com a plataforma Confúcio, do MPRN, o valor repassado aos municípios do RN supera R$ 184 milhões.