Jojo Todynho e Kamila Simioni - Reprodução/Montagem

Esta coluna teve acesso ao processo, de número 0336805-07.2019.8.19.001, movido pela Jojo Todynho contra Kamila Simioni, que tramita na 21ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Nos autos, a advogada de Jojo requer a suspensão temporária do Instagram de Kamila e que a empresária não cite mais o nome da funkeira.

Toda a confusão você já conhece, mas o que talvez você não saiba é que o desentendimento entre as duas não se limitou aos stories e comentários públicos no Instagram. No domingo, dia 8 de dezembro de 2019, após Kamila comparar Jojo à sua porquinha de estimação e desencadear todo o imbróglio entre as duas, a empresária chegou a procurar a funkeira por WhatsApp.

“Sou Kamila Simioni e gostaria que passasse meu recado à Jojo. Fiz uma brincadeira com minha porquinha de estimação que comprei achando que seria uma mini pig e não era, cresceu e engordou muito. Ontem, ao vê-la em minha fazenda, disse: ‘você está igual a Jojo Todynho, gordinha e gostosa!’ Diga a ela que jamais agi para ofendê-la, ok? Mas que pode buscar sim os direitos dela, caso tenha se sentido ofendida por mim”, explicou a empresária que recebeu como resposta “Oi, tá ok. Pode deixar”.

O pedido de desculpas de Kamila parece não ter surtido o efeito esperado, e a empresária voltou a enviar mensagens diretas à Jojo, no dia 11 de dezembro, dessa vez, pelo Instagram. “Mas você está nervosa por quê? Vem me buscar em casa. Já falei para você parar de gritar na internet e ir para a porta do fórum procurar seus direitos! Espero que sua pressão tenha melhorado. Já escolhi até meu look fórum babadeiro para ir ao seu encontro! E uma coisa você tem razão, uma B*c&[email protected] sua dá cem da minha, a minha é pequenininha e apertadinha. ‘Xerecuda do Kaô'”. Até onde sabemos, esse direct não foi respondido pela Jojo.

Conforme mencionamos anteriormente, passados tantos meses, ainda não houve audiência, já que os fóruns estão fechados por conta da pandemia.

 

O Dia.