Carlinhos de Adão é suspeito de praticar crime de homicídio doloso duplamente qualificado contra Josinaldo Galdino, vulgo “Matheus”, no dia 4 de março deste ano. ( Foto: Divulgação / PC )

Policiais civis da Delegacia Municipal de Extremoz cumpriram, nesta sexta-feira, 12, um mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal de Extremoz, em desfavor de Carlos Antonio da Cruz Serafim, conhecido como “Carlinhos de Adão”, de 33 anos.

Carlinhos de Adão é suspeito de praticar crime de homicídio doloso duplamente qualificado contra Josinaldo Galdino, vulgo “Matheus”, no dia 4 de março deste ano, em via pública do bairro Bela Vista, município de Extremoz.

Durante o seu interrogatório, Carlinhos de Adão confessou que desferiu vários golpes de faca (do tipo peixeira) contra Matheus, porém alegou legítima defesa. Segundo as investigações, os dois estavam bebendo juntos na residência de um parente de Carlinhos de Adão, momentos antes do crime.

Carlos Antônio foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.