Por G1 PB — O homem suspeito de causar o acidente que matou cinco pessoas na cidade de José da Penha, no Rio Grande do Norte, se entregou na Delegacia de Polícia Civil de Sousa, no Sertão da Paraíba, na terça-feira (14). De acordo com o delegado Vicente Honório Filho, que acompanha o caso, já havia um mandado de prisão preventiva contra Francisco Gladyson Jácome de Abrantes Sarmento, que se apresentou à polícia com um advogado e, em seguida, foi preso.

Conforme o delegado, a Justiça expediu um mandado de prisão contra o homem um dia após o acidente e, desde então, ele era considerado foragido. Segundo relato de testemunhas, na noite do acidente, o motorista, que seguia em uma caminhonete Hilux branca, estaria embriagado quando colidiu em três motocicletas que seguiam na BR-405.

O acidente aconteceu no dia 24 de agosto deste ano. Após colidir nas duas motocicletas, o suspeito, que é natural da cidade de Sousa, fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. Quatro pessoas morreram ainda no local e outra vítima, que chegou a ser socorrida pelo Samu para o hospital, morreu no dia seguinte na unidade de saúde.

Após o homem se entregar à polícia e o mandado de prisão ser cumprido, nesta terça-feira (15), o suspeito foi encaminhado à Colônia Penal Agrícola do Sertão em Sousa, onde permanece à disposição da Justiça.