Uma equipe da Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP/RN), através do núcleo de entomologia em parceria com a Vigilância Epidemiológica Municipal, está realizando pesquisa entomológica com implementação de armadilhas, trabalho que tem como objetivo capturar possíveis mosquitos flebótomos transmissores da leishmaniose visceral.

Essa é uma orientação do Ministério da Saúde para que os Estados desenvolvam ações de controle e prevenção, realizando a coleta de sangue em cães, instalações de armadilhas e detetização nas residências. O trabalho está sendo realizado de 06 a 10 de maio de 2019.