Gabriel Veron defenderá a Seleção no Mundial Sub-17 que será disputado no Brasil — Foto: Lucas Figueiredo/CBF.

Por Globo Esporte — O potiguar Gabriel Veron é considerado uma das joias das categorias de base do Palmeiras e, na última quarta-feira, conquistou com a equipe o título da Copa do Brasil Sub-17. Ele marcou o primeiro gol do Verdão na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo. Capitão da equipe, foi o responsável por erguer a taça. No primeiro semestre, ele já havia sido campeão da Copa do Brasil Sub-20.

– Fico muito feliz por ter ajudado a equipe com o gol e principalmente com o título da Copa do Brasil Sub-17. Agora é seguir trabalhando forte para almejar mais conquistas com a camisa do Palmeiras – disse Veron, que tem 17 anos.

O próximo desafio da carreira do atacante é o Campeonato Mundial Sub-17 com a seleção brasileira. A competição será disputada no Brasil, entre os dias 26 de outubro e 17 de novembro

– Todo jogador sonha em defender seu país. Graças a Deus esse sonho se tornou realidade. Eu tive a chance de jogar o meu primeiro Sul-Americano Sub-15 ainda em 2017, onde foi uma grande experiência. Agora, fui convocado para jogar a Copa do Mundo Sub-17 que será realizada no meu país. Estou bastante ansioso e confiante em poder realizar bons jogos – comentou.

Multicampeão

Revelado pelo Santa Cruz de Natal, Gabriel Veron chegou ao Palmeiras em 2017. Com apenas 15 anos chamou atenção por conta da sua força, velocidade e inteligência. Veron ganhou títulos por todas as categorias que passou até o momento: campeão da Copa Nike e campeão paulista sub-15 no primeiro ano pelo Verdão, campeão paulista sub-17, em 2018, e bicampeão do Mundial da mesma categoria, em 2018 e 2019; além de fazer parte do time que conquistou a Copa do Brasil Sub-20, em 2019.

Em 2018, o atacante assinou seu primeiro contrato profissional e participou de treinamentos com a equipe principal. Hoje, é observado pelos principais clubes da Europa.

– Agradeço primeiramente a Deus por ter conseguido almejar títulos importantes com a camisa de um grande clube do futebol brasileiro, mas sem deixar de agradecer ao Santa Cruz de Natal por ter me colocado no cenário nacional. Agora é continuar focado, fazendo gols e levantando mais troféus – lembrou Veron.