Delegados; Leonardo Germano e Ricardo Brito.

Policiais civis de Caicó, sob o comando dos delegados, Ricardo Brito (3ª DRP) e Leonardo Germano (DP Municipal), realizaram operação na tarde desta terça-feira (03), no Bairro João XXIII.

O objetivo da operação, de acordo com o delegado Leonardo Germano, era dar seguimento a investigação em torno da morte de Igor Rafael.

Cumprindo mandados de busca e apreensão, em uma das casas-alvo da ação, duas pessoas fugiram ao perceber a chegada dos policiais, mas, foi apreendida certa quantidade de crack, quantidade significativa de dinheiro fracionado e uma camisa que pertencia a Igor Rafael, assassinado na noite de sexta-feira (30 de agosto), no mesmo bairro.

“A apreensão da camisa da vítima em uma das casas, só confirma que estamos no caminho certo quanto a investigação e também que ele frequentava essa casa“, disse.

Em outra residência, policiais conseguiram prender, Lucas Daniel da Silva, o “Galegal”. Ele era foragido da Justiça e tinha várias passagens pela polícia.

Com relação ao Galegal, ele é apontado como sendo uma das lideranças de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios do estado. Ele não esboçou nenhuma resistência a prisão e estava na casa de familiares.

Quanto a morte de Igor Rafael, o delegado Leonardo Germano, disse acreditar que a relação da vítima com o mundo do crime pode ter motivado a sua morte.

Uma das pessoas que conseguiu escapar do cerco policial, foi, Júlio dos Santos Correia, também conhecido como “Gato Voador”, que tem mandado de prisão em aberto por causa de uma tentativa de homicídio. Ele também tem ligações com o crime organizado e com o tráfico de drogas.