A cantora pede um valor de R$ 200 mil — Foto: Instagram.

A ex-vocalista do Kid Abelha, Paula Toller, entrou com uma ação contra o Partido dos Trabalhadores (PT) e Fernando Haddad, por uso indevido do conteúdo do grupo.

Agora em carreira solo, a cantora pede um valor de R$ 200 mil e, conforme informações do Jornal ‘Estado de São Paulo’, ela não pretende realizar acordos.

Em outubro do ano passado, no período das eleições presidenciais, Toller já havia feito o pedido judicialmente quando o partido utilizou trecho da canção ‘Pintura Íntima’ como bordão do PT, durante o segundo turno.

Na época, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) foi a favor da cantora e os vídeos contendo o refrão da música foram retirados das redes sociais.