O Oficial de Justiça, Gilvan Alves, postulante a uma cadeira na Câmara Federal, na função de vereador no município de Apodi, já aprovou mais de 18 projetos de lei.

Dentre eles, destacamos hoje, o Projeto de Lei que cria a obrigatoriedade da gravação – em áudio e vídeo – e transmissão ao vivo nas redes sociais, as licitações do município de Apodi.

O TCU- Tribunal de Contas da União, aponta como as licitações públicas, o local onde ocorre maiores indícios de ilicitudes.

Assim, Gilvan Alves, propões este projeto de lei, afim de inibir a prática delituosa na coisa pública.

“Nosso país e a nossa política precisa de oxigenação e novas ideais. E o que estamos propondo é um novo jeito de fazer política”, disse Gilvan.