A modelo Najila Trindade prestou depoimento nesta sexta-feira (7), que durou cerca de 4h30, sobre o suposto caso de estupro envolvendo o jogador Neymar.

Todo o encontro foi gravado pela Polícia Civil, de acordo com informações do UOL. Ela foi interrogada por três delegadas, sendo duas da Delegacia de Defesa da Mulher e uma enviada pelo Delegacia Geral.

Na saída, Najila foi carregada no colo pelo advogado Danilo Garcia de Andrade, segundo informações do ‘Brasil Urgente’, da Band. Ela foi encaminhada a um hospital na zona sul de São Paulo para ser atendida.

Ainda de acordo com o ‘Brasil Urgente’, Najila interrompeu seu depoimento algumas vezes sob a alegação de estar passando mal. Ela também chorou em diversos momentos. A modelo afirmou que precisava comer porque estava com fome.