João Batista Medeiros Costa, de 65 anos, estava afastado do trabalho como clínico-geral há 11 dias e recebeu diagnóstico para a doença no sábado (23) — Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi

Por G1 RN — Morreu na noite neste domingo (24) o médico João Batista Medeiros Costa, de 65 anos. Ele foi testado positivo para o novo coronavírus e estava internado desde o sábado (23), após receber o diagnóstico. O profissional era gastroenterologista, mas também atendia como clínico-geral no Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, há cerca de um ano, pelo Cooperativa Médica (Coopmed).

João Batista havia se afastado dos plantões no hospital público cerca de 11 dias atrás, segundo familiares, que preferiram não dar entrevista. Natural de Patu, no Oeste potiguar, e formado há mais de 30 anos pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o médico deixou esposa e quatro filhos.

De acordo com a direção administrativa do Hospital Santa Catarina, embora a unidade não seja porta de entrada para pacientes de coronavírus, João Batista atendia pacientes de casos gerais. Quando alguém apresenta sintomas da doença era transferido para uma ala montada na unidade.

A unidade já registrou outros casos de coronavírus entre os profissionais. Outro médico que atendia na unidade e faleceu com Covid-19 no início de maio foi Solon Pereira Lopes Ferreira, de 61 anos, que atuou por mais de duas décadas na unidade. O hospital também teve um maqueiro testado positivo para a doença.

O Conselho Regional de Medicina do Estado lamentou a morte do médico, que foi conselheiro da entidade. “Todos que fazem o Cremern se solidarizam com o sofrimento de seus familiares e amigos diante de sua precoce partida, rogando a Deus que conforte os seus corações neste momento de dor”, afirmou em nota.