Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Em entrevista à AFP divulgada no sábado (20), o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou as especulações de que ele vai tentar aproveitar o capital político que adquiriu ao romper com Jair Bolsonaro em uma eleição.

Sem muito alarde, na mesma fala, Mandetta também confirmou que o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, também deve ser candidato à presidência em 2022.

De acordo com o ex-ministro da Saúde, é possível até mesmo que ambos componham uma chapa para ocupar a cadeira que hoje é do ex-aliado Jair Bolsonaro.

Depois de dizer que se dá bem com Moro, Mandetta foi perguntado se há um futuro político entre os dois, ao que ele respondeu: “Política é destino. Não adianta você querer fazer acontecer as coisas porque você querer. Acho que a gente tem dever como cidadão, tanto eu quanto Moro, de dialogar com a sociedade brasileira e participar ativamente das eleições de 2022, seja como candidatos, chapa junto ou campos opostos, mas de fortalecer a democracia brasileira, ou como cidadão com certeza eu vou participar nas eleições de 2022”.

E completou: “Não tem nada descartado. Vai que rola”.

Antes de ser ministro da Saúde, Mandetta era deputado federal. Já Sérgio Moro, enquanto ainda era juiz, dizia que jamais entraria para a política.

Portal Grande Ponto.