Perícia encontrou uma quantidade significativa de comprimidos e um líquido esbranquiçado ao lado dos dois corpos. ( Foto: TV Borborema/ Reprodução )

Duas mulheres, mãe e filha, foram encontradas mortas na casa onde ambas moravam no no bairro Pedregal, em Campina Grande na Paraíba.

De acordo com a polícia, ao lado dos corpos de Maria Silvestre do Nascimento, de 75 anos, e de Maria Aparecida Silvestre do Nascimento, de 51, foram encontrados uma quantidade significativa de comprimidos e um líquido esbranquiçado. Os cadáveres, já em estado de decomposição, foram encontrados pela polícia na noite de terça-feira (7) depois que vizinhos relataram um forte mau cheiro vindo do imóvel.

Maria Aparecida era portadora de transtornos mentais e um mês atrás, segundo moradores da área, tentou se matar, mas foi impedida pela mãe. Desde sábado (4) as duas não eram vistas na localidade. Os vizinhos, porém, só desconfiaram de que havia algo errado depois de notarem o odor que exalava da casa.

Na residência não foi encontrado nenhum sinal de arrombamento ou marcas de violência em nenhum das as vítimas. Os corpos foram encaminhados para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande para a realização de exames tanatoscópicos. A Polícia Civil vai investigar como ocorreram as mortes.