A manicure Lúbia Camilla Pinheiro Gorgete, de 26 anos, que foi presa após acusação de integrar uma quadrilha de roubo a bancos, teve o benefício da Bolsa Família bloqueado quatro dias depois da sua detenção, segundo a Secretaria Estadual de Assistência Social e Trabalho (Setas-MT). A jovem foi presa na operação Luxus, que deteve membros da quadrilha que ostentava viagens, carros e passeios de luxo nas redes sociais.

O Setas-MT informou ao G1 que o benefício de Lúbia foi bloqueado no dia 8 de maio, após pedido da gestão do Cadastro Único em Cuiabá.

Conforme consta no Portal da Transparência, a jovem recebia benefícios do programa do governo federal desde 2015. Nos últimos dois anos, ela sacou pouco mais de R$ 3,6 mil. Sendo R$ 562 em 2017, referente aos três primeiros meses.

Lúbia teve a prisão preventiva cumprida e foi solta pouco depois. Ela foi liberada para prisão domiciliar para cuidar das duas filhas menores de idade, como alegou a defesa. Porém, a Justiça constatou posteriormente que Lúbia não tem a guarda de uma das filhas e que a outra não mora com ela.

veja mais

https://www.noticiasaominuto.com.br/justica/405681/jovem-que-roubava-banco-e-ostentava-na-web-tem-bolsa-familia-suspenso