João Paulo Carvalho Mendes, 32 anos.

O setor de papiloscopia do Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP) unidade regional de Mossoró, identificou nesta terça feira (19) o corpo encontrado no último dia 13, parcialmente carbonizado em uma estrada de terra de acesso ao campo de petróleo Pajeú, as margens da BR 405 próximo a comunidade de Jucuri, na zona rural de Mossoró.

A identificação foi possível, através de confronto das digitais, que ficaram intactas, com documentos apresentados no órgão pela família da vítima. Trata-se de João Paulo Carvalho Mendes, 32 anos e que residia na rua Eufrásio de Oliveira no Alto da Conceição em Mossoró RN. A família de João Paulo, informou que ele estava desaparecido a pelo menos 10 dias.

Os familiares informaram também que ele não tinha envolvimento com ilícitos, nunca tinha sido preso e por isso não sabem a que atribuir a sua morte, que veio de forma brutal e cruel. As investigações estão sendo conduzidas pela Delegacia Especializada em Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP). João Paulo Carvalho foi a centésima octogésima sétima (187) vítima da violência letal e intencional em Mossoró no ano de 2019.

campo