Por G1 RN — Um homem morreu após ser perseguido e atropelado, na cidade de Pendências, no Oeste do Rio Grande do Norte. Francisco Carlos da Fonseca Filho, de 55 anos, pilotava uma moto quando foi atingido por um carro. Ele bateu a cabeça em uma calçada e morreu. O caso foi registrado no sábado (13).

A Polícia Civil acredita que o crime pode ter sido motivado por um “desafeto”. De acordo com a PM, o suspeito que dirigia um veículo modelo Fiat Uno, estava em uma calçada quando avistou a vítima passando de moto. Teria sido nesse momento em que o homem entra no carro, persegue, atropela e mata José Fonseca, que trabalhava como porteiro em Natal. A vítima morava em Parnamirim, na Grande Natal, e estava em Pendências para visitar familiares.

A morte de Fonseca, gerou comoção entre alunos, professores e funcionários do cursinho preparatório onde trabalhava no bairro Tirol. “Ele era uma pessoa muito querida por todos. Funcionários, alunos e sócios sentiram muito porque ele era um trabalhado muito prestativo, amável e atencioso. Estamos sentidos e revoltados com esse crime”, disse uma das funcionárias da instituição.

Fonseca chegou a ser a socorrido no Hospital de Pendências, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. O suspeito fugiu do local e está sendo procurado pela Polícia Militar, que faz buscas na região. Um mandado de prisão preventiva foi expedido pela Delegacia Regional de Macau e o homem já é considerado foragido pela Polícia Civil.