Deputado Hermano Morais-(MDB). ( Foto: Divulgação / Assessoria )

Por estar a passar um momento de imbróglio jurídico, o município de São José de Campestre terá novos rumos no Executivo após 3 de junho, data marcada para as eleições suplementares.

Diante disso, o MDB local tomou a iniciativa de realizar a pouco mais de um mês do julgamento popular a sua convenção, que terá, na ocasião, a parceria do PHS. Os candidatos a prefeito, Neném Borges (MDB), e a vice, Eribaldo Lima (PHS), na coligação “Unidos com o Povo”, comporão a chapa.

Presente no evento desta segunda-feira (30), o deputado estadual Hermano Morais (MDB), disse que o povo dará a vitória ao grupo da ex-prefeita Alda Romão, corrigindo assim uma injustiça com a mesma. Há 10 anos o funcionalismo municipal não recebia em dia, passou a regularizar com Alda e voltou a ter problema após a saída da mesma recentemente.

Estiveram também no evento a ex-prefeita do município, Alda Romão, o ex-prefeito Zequinha Borges, o presidente da Câmara, Preto, a ex-vereadora Márcia Nelo e os deputados estaduais Souza Neto e Dison Lisboa.