Secretária-chefe do Gabinete Civil disse que não há recursos para pagar salários. ( Foto: Assessoria )

A chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado, Tatiana Mendes Cunha, afirmou que não há recursos para pagar o décimo terceiro salário de 2018. Segundo Tatiana Mendes Cunha, a folha de dezembro também deve ser paga somente em janeiro, pelo histórico recente do Estado em pagar a folha no mês seguinte. Se o quadro for confirmado, a governadora eleita Fátima Bezerra herda duas folhas de pagamento no seu primeiro mês de mandato.

“Nós não teremos recursos para isso”, enfatizou Tatiana ao ser questionada sobre o décimo-terceiro deste ano. Perguntada se a folha de dezembro também não seria paga durante o mês, ela relembrou que constantemente as folhas mensais são pagas durante o mês seguinte e que provavelmente dezembro não seria diferente.

Tatiana Mendes Cunha ainda disse que o Estado conclui a folha de outubro nesta sexta-feira (30), com a última transferência do Fundo de Participação dos Estados (FPE), e vai cumprir o pagamento da folha de novembro ao longo do mês de dezembro.

Questionada sobre a parcela restante do 13° salário de 2017, Tatiana Mendes Cunha afirmou que o Governo do Estado aguarda o julgamento da antecipação dos royalties do petróleo para arrecadar cerca de R$ 180 milhões. “Essa questão está judicializada e um agravo de instrumento do Governo pode ser julgada a qualquer momento, assegurando o pagamento do décimo terceiro do ano passado”, disse.