O jornalista esportivo era funcionário da emissora há 31 anos — Foto: Reprodução/Sportv

Mauro Naves foi afastado da TV Globo no mês passado, após passar o telefone do pai de Neymar para o advogado de Najila Trindade, que acusou o jogador de estupro. Nesta segunda-feira (8), em nota oficial, a emissora anunciou a demissão do jornalista, que estava há 31 anos na empresa.

O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham. O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”, diz o comunicado.

O anúncio do afastamento foi feito ao vivo, no Jornal Nacional, por William Bonner, antes do início da Copa América.

Mauro Naves é um profissional excelente, com grandes contribuições ao jornalismo esportivo da Globo, mas há evidências de que as atitudes dele neste caso contrariam a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos”, disse o âncora.