Primeira-dama não havia feito a divulgação de sua viagem à Paraíba.

Nesta terça-feira (2), um encontro entre a primeira-dama Michelle Bolsonaro e o jovem Leryston Matheus, de 21 anos, emocionou muita gente. Sem divulgar nas agendas oficiais, a primeira-dama fez uma viagem até Campina Grande, na Paraíba, com uma equipe do Jardim das Borboletas.

Lá, ela surpreendeu o rapaz e se emocionou com sua história. Leryston sofre de epidermólise bolhosa, que causa diversas feridas e bolhas pela falta da segunda camada da pele. Além de Michelle, o acordeonista Fabiano Guimarães, ídolo de Leleu, também fez uma visita ao jovem.

Depois, o Jardim das Borboletas publicou algumas imagens do encontro. A primeira-dama também postou uma foto com Leryston em seu Instagram. A ação recebeu diversos elogios.

– Esta é a nossa primeira-dama Michelle, que sai do conforto do Palácio e vai lá para o nordeste sem fazer nenhuma publicidade, apenas para abraçar e se emocionar com crianças com doenças raras – declarou a ministra Damares Alves.

Leryston também é conhecido como Leleu Guerreiro e é um dos assistidos pela ONG. A doença é tão rara que atinge apenas uma em cada 50 mil pessoas.

Há uma semana, Leleu decidiu realizar um sonho que tinha que era abrir um canal no YouTube. Nos três vídeos que publicou até agora, ele fala sobre sua doença rara e a paixão pelas músicas de São João.

– Quando eu nasci o médico me deu 1 ano de vida. E eu já tenho, graças a Deus, 21 anos de idade. Eu só tenho a agradecer a Deus e aos meus familiares, que me dão apoio. Quero agradecer essa disposição. Tem gente que tem a mesma doença que eu e fica em cima de uma cama, sem vontade de fazer nada, entristecido, com depressão. Aí, por isso que acaba falecendo, infelizmente. Graças a Deus me alimento de tudo – explicou em seu vídeo.