No Açude Dourado o agradecimento pelas chuvas caídas em Currais Novos

Por 211 anos foi assim em Currais Novos: 26 de julho, final de tarde e as ruas da cidade tomadas por um mar de gente venerando a padroeira Santana. Em virtude da pandemia do novo coronavírus que afeta o mundo, a festa da avó de Jesus precisou mudar. A procissão não pôde acontecer. Mas a paróquia de Santa’Ana junto com alguns amigos prepararam uma surpresa, que foi anunciada pelo Padre Claúdio: “Sant’Ana está no ar”.

Por volta das 15 horas, deste domingo (26), a imagem foi conduzida até o aeródromo Senador Agenor Maria para sobrevoar o município no momento que aconteceria a procissão. Um sistema de som fixado no avião tocava o hino da padroeira do Seridó e o ‘Viva Sant’Ana’.

Por entre as nuvens tudo foi transmitido ao vivo, através das redes sociais. A benção de Sant’Ana se espalhou pela cidade e zona rural. Coube ao jornalista Ismael Medeiros levar em seu colo a imagem peregrina. No Totoró, o berço de Currais Novos, a emoção tomou conta dos devotos, que gritavam respondendo com entusiasmo o “Viva Santana!”. No açude Dourado, principal manancial que abastece a cidade o agradecimento foi pelas chuvas caídas em 2020.

Após o voo a imagem seguiu para a Matriz, os devotos espontaneamente foram esperar a chegada. Padre Cláudio levou sua mensagem de agradecimento e a empresário Helder Araújo, que foi o padrinho do voo de Sant’Ana.

Sant’Ana passou no berço de Currais Novos: Comunidade Totoró
O voo foi transmitido através das redes sociais
Empresário Helder Araújo foi o padrinho do voo de Sant’Ana
Jornalista Ismael levou a imagem peregrina para abençoar seus filhos e netos
Padre Cláudio levou a imagem até o aeródromo de Currais Novos

 

BLOG ISMAEL MEDEIROS.