Deputado Estadual Hermano Morais-( MDB ). Foto: Assessoria.

O deputado estadual Hermano Morais (MDB) se pronunciou nesta terça-feira (07) durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa sobre dois acontecimentos distantes no tempo, mas de grande relevância na mesma data: 517 anos do RN e 12 anos da Lei Maria da Penha.

O aniversário do Rio Grande do Norte é comemorado nesta data, pois dia 7 de agosto de 1501 foi colocado o Marco de Touros, um dos símbolos da colonização de Portugal. O deputado destacou que mesmo o Estado sendo potencialmente rico pela força de trabalho do povo e disponibilidade de recursos naturais como petróleo, gás, energia eólica e solar, entre outros, alguns desafios têm de ser melhor administrado.

“O baixo índice de geração de emprego e consequentemente problemas de segurança pública são alguns dos exemplos a serem vistos como prioridade do Poder Público. Daqui a alguns meses passaremos por eleições e será uma oportunidade para diminuirmos esses panoramas”, disse Hermano.

Ao enfatizar a questão da insegurança, o parlamentar lembrou dos 12 anos da Lei Maria da Penha, que após entrar em vigor, as denúncias de casos de violência contra a mulher são alarmantes no Rio Grande do Norte. De janeiro a julho de 2018, apenas 8% das ligações que chegam ao Disque Denúncia (0800 281 2336) foram investigados. No período, das 1.260 ligações, 108 denúncias foram registradas.

“Cobrar, divulgar medidas de combate e lutar contra a cultura do machismo deve ser um papel de todos os agentes públicos”, finalizou.