Central de Policia em Porto Velho. — Foto: Jheniffer Núbia

Um homem de 42 anos foi preso na tarde do último sábado (1º) após estuprar uma menina de 10 anos no condomínio Cristal da Calama, em Porto Velho no Estado de Rondônia. A vítima contou que o crime aconteceu após o suspeito chamá-la ao interior de uma panificadora para acordar o padeiro.

Conforme a mãe da vítima, a menina saiu para comprar pão em uma padaria e retornou para casa em estado de pânico, chorando e bastante nervosa.

Questionada pela mãe sobre o que havia acontecido, a criança contou que perguntou a um homem que estava no local sobre o dono da padaria. O homem disse que o padeiro estava dormindo e convidou a criança a acordá-lo.

Após isso, a criança contou que o suspeito a segurou pelo braço e a levou até a cozinha do estabelecimento, onde começou a retirar sua roupa. A menina afirmou que em um ato de desespero conseguiu se soltar e correr em direção à casa.

Ao ouvir o relato da filha, a mãe da criança contou aos policiais que foi até a padaria questionar o suspeito. Após ouvir a versão do homem e os pedidos de desculpas, a mulher afirma ter desferido alguns tapas e socos no rosto do suspeito.

À polícia, o homem confessou ter apenas levado a criança ao interior da padaria para acordar o padeiro. Diante dos fatos, o suspeito recebeu voz de prisão por estupro de vulnerável.