O caso aconteceu nesta sexta feira 09 de agosto de 2019, no município de Jaçanã, região Agreste do Rio Grande do Norte a 160 KM de Natal Capital do estado. Uma criança de apenas 6 anos de idade, deu entrada no hospital daquela cidade com hematomas no pescoço  e nas pernas.

Danielle Avelino de Oliveira não resistiu e morreu na unidade hospitalar. Seu corpo foi encaminhado para o Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP) em Natal, onde foi examinado. Segundo o laudo do exame necroscópico a criança teve morte por asfixia sistêmica com sufocação direta. (asfixia mecânica).

De acordo com a Polícia Civil a mãe e o padrasto da criança, que estão presos temporariamente na Delegacia de Santa Cruz, são suspeitos do crime. Em depoimento à Polícia Civil, a mãe nega participação e alega que sua filha teria sido agredida na escola, onde estuda, porém a direção da escola contesta essas declarações

A Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz vai investigar o caso, para elucidar a morte de Danielle. O enterro do corpo dela está previsto para este domingo (11) na cidade de Nova Floresta no estado da Paraíba, onde moram seus avós paternos.  O município fica na divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba e está a 6,4 quilômetros de distância de Jaçanã.