14 pessoas mortas em Milagres, na Região do Cariri. ( Foto: G1 / CE )

Subiu para oito o número de presos suspeitos participação na tentativa de assalto com refém contra duas agências bancárias, que deixou 14 pessoas mortas em Milagres, na Região do Cariri.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSPDS), mais cinco pessoas foram presas na noite desta sexta-feira (7) e conduzidas para a uma unidade da Polícia Civil para realização de flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, organização criminosa e favorecimento pessoal.

A tentativa de roubo aconteceu na madrugada desta sexta-feira, no Centro de Milagres. De acordo com a Secretaria de Segurança, durante a tentativa de furto cinco criminosos foram baleados nas proximidades das agências e morreram. Outros dois suspeitos morreram no hospital e um oitavo envolvido foi localizado no município de Barro, no interior do Ceará, onde entrou em confronto com policiais militares, e também faleceu.

A Secretaria da Segurança Pública do Ceará confirmou a identificação de 8 das 14 pessoas mortas após o tiroteio. Das 14 vítimas, seis eram reféns, sendo cinco de uma mesma família de Serra Talhada (PE) e um de uma família natural de Brejo Santo. Os corpos foram sepultados em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco.