A Caixa Econômica Federal deve anunciar nesta segunda-feira (5) os calendários para saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e das cotas do fundo PIS, além dos canais de atendimento e critérios para os trabalhadores receberem os valores.

No mês passado, o presidente Jair Bolsonaro assinou uma medida provisória que define que todos os trabalhadores poderão sacar R$ 500 de cada conta do FGTS. Os saques serão de contas ativas (emprego atual) e inativas (empregos antigos). O limite de R$ 500 vale para cada uma delas.

Além do FGTS, o governo também anunciou a liberação de saques do fundo PIS/Pasep. Na última sexta-feira (2), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que o pagamento dos recursos gerará um impacto de cerca de R$ 300 milhões em receitas anuais que o banco teria com a gestão dos mais de R$ 30 bilhões que serão liberados com a medida