O Globo.

Três dias após anunciar a contratação do goleiro Bruno, o Boa Esporte já perdeu cinco patrocinadores, incluindo o principal, o Grupo Góis & Silva. As empresas retiraram o apoio ao clube mineiro devido à repercussão negativa do acerto com o jogador, condenado em primeira instância pela morte de Eliza Samudio, sua ex-namorada.

A última a anunciar a decisão foi a Kanza, na tarde desta segunda-feira. Antes dela, a Cardiocenter Varginha, a Magsul Ressonância Magnétic e a Nutrends Nutrition já haviam cancelado o patrocínio. Ninguém entende esse país, e cadeia não é para ressocializar? Se o goleiro cumpriu a pena, deve ser reinserido à sociedade, justo?