Governador Robinson Faria-(PSD). Foto: Divulgação.

O governador Robinson Faria (PSD) está em contagem regressiva para iniciar um período de pânico. Sem cargo eletivo pela primeira vez em 32 anos de vida pública, ele está cercado de problemas.

É a sua liberdade que está em risco.

Só esta semana Robinson foi alvo de mais uma denúncia que pode deixa-lo sem direitos políticos por ter criado um programa na área de saúde em ano eleitoral.
Pior que isso foi ter o nome envolvido em mais uma Operação da Polícia Federal que apura supostas irregularidades e recebimento de vantagens indevidas pelo governador através de delação premiada do grupo J&F.

Para piorar, Robinson deixará a marca de ser o governador que entregou a sucessora três folhas de pagamento em aberto e de quebra vai encarar até o dia 31 um aquartelamento da Polícia Militar.

Isso tende a ser tornar mais outro problema, leia-se processo.
Existem ainda outras investigações e processos que rondam a vida do governador.
Ficar sem mandato será apenas o começo de um 2019 difícil.