Vereadora, Ivonete Ludgério (PSD).

O suplente de vereador Napoleão Maracajá (PCdoB) encaminhou à Câmara Municipal de Campina Grande pedido de afastamento da presidente da Casa para que os vereadores possam apurar denúncias de acúmulo de funções da vereadora, Ivonete Ludgério (PSD). “Ela (Ivonete) alega que trabalha na Secretaria da Agricultura à tarde, mas o expediente na prefeitura de Campina é encerrado às 13”, informa Maracajá.

Napoleão Maracajá também pretendia solicitar pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal de Campina Grande para investigar a conduta da presidente Ivonete Ludgério, mas não acredita que tenha êxito.  “Não vejo vontade dos vereadores”, disse.

Para Maracajá os vereadores de Campina Grande tanto da situação quanto da oposição não têm coragem de criar CPI. “Eles (vereadores) preferem a desmoralização da Câmara por completo”, disparou Maracajá contra seus ‘pares’.

O suplente que representa do partido comunista lembra que Ivonete Ludgério recebe como vereadora, tem gratificação de representatividade como presidente (R$ 20.042,000 mil), além disso, abocanha quase R$ 6 mil/mês como servidora pública da prefeitura. “Gostaria de saber o horário do expediente da vereadora na Secretaria municipal da Agricultura?” indaga ao lembrar que a presidente da Câmara recebeu seus proventos recentemente.

Napoleão Maracajá disse que seu gabinete vem prestando apoio jurídico ao Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), autor da denúncia, para buscar levar a denúncia adiante e quer que o Ministério Público da Paraíba apure o caso.

Leia mais notícias em blogseridonoar.com.br  siga nossas páginas no Facebook no Twitter no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube Você também pode enviar informações à Redação do Blog Seridó no Ar pelo WhatsApp (84) 9 9900-4075.

E-mail : blogseridonoarjs@gmail.com