João Maria Medeiros Foto - Divulgação.

Estamos a exatamente um ano das eleições. E esse foi um dos temas debatidos na tarde do Seminário Conexão Digital, que aconteceu neste sábado, no Ocean Palace em Natal. O evento teve a presença de mais de 250 pessoas, e quatro palestras só no turno da tarde, além das cinco que aconteceram durante a manhã.

João Maria Medeiros, especialista em marketing político, abriu as discussões falando sobre o que vem por aí no marketing político, a influência da internet nas próximas eleições. João alertou que mesmo com todo o “poder” que exerce hoje sobre as pessoas, a internet serve mais para desconstruir imagens. “A TV ainda é extremamente decisiva nas eleições. A decisão do voto do eleitor é construída a partir de fatores como influência familiar, informações nas mais diversas plataformas e principalmente, televisão”, disse ele.

Opinião compartilhada por Miriam Braga, mato-grossense da Vetor Pesquisas: “A TV é decisiva, até porque gera conteúdo que é replicado em outras mídias”. Miriam falou sobre pesquisa política na era digital, e disse que o maior desafio é acompanhar a velocidade do tempo. “Uma pesquisa boca de urna hoje já não faz tanto sentido, com o sistema de votação eletrônica, o resultado já sai pouquíssimo tempo depois do fim da votação. É muita velocidade em todos os processos da eleição, então aconselho aos candidatos que comecem a trabalhar bem antes, 45 dias de campanha vai ser muito pouco”, diz ela.

Com muitas experiências em campanhas políticas em vários lugares do Brasil, João Maria Medeiros e Miriam Braga ainda deram dicas preciosas para quem pretende se candidatar a um cargo público em 2018. João lembra que “político não é personagem. Ele pensa, tem família, comete gafes. Jamais pode ser vendido como produto”.

E Miriam diz que usar as redes sociais como ferramenta de campanha apenas para barateá-la é ilusão. “A produção de conteúdo na internet tem que ser boa, tanto quanto se fosse para TV. A preocupação com conteúdo, com estética, deve existir sim, também nas redes sociais. Não pode fazer de qualquer jeito”, alerta Miriam.

Leia mais notícias em blogseridonoar.com.br  siga nossas páginas no Facebook no Twitter no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube Você também pode enviar informações à Redação do Blog Seridó no Ar pelo WhatsApp (84) 9 9900-4075.

E-mail : blogseridonoarjs@gmail.com