Hospital Regional do Seridó em Caicó (Foto: © Reprodução/Internet)

Todas as pessoas que tiveram contato com a paciente que morreu vítima de H1N1, na última semana em Caicó, região Seridó potiguar estão sendo monitorados por médicos do Hospital Regional, sejam os profissionais em saúde que estiveram com a mesma no leito da UTI, ou por técnicos da Regional de Saúde do Seridó, no caso dos familiares e demais pessoas que tiveram contato com a paciente na sua residência.

A informação foi confirmada ao Blog do Marcos Dantas pelo Diretor Clínico do Hospital Regional do Seridó, Dr. Sílvio Santos Filho. De acordo com ele, até agora nenhuma das pessoas que foram monitorados, apresentou qualquer alteração em seu quadro de saúde.