© Paulo Whitaker / Reuters

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) deverá julgar o ex-presidente Lula entre março e abril do ano que vem. O julgamento refere-se a recurso impetrado pelo petista contra a condenação, em primeira instância, a nove anos e meio de prisão por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

O resultado do julgamento tem ligação direta com as eleições presidenciais do ano que vem, pois se a condenação for mantida, Lula ficaria impossibilitado de se candidatar devido à Lei da Ficha Limpa.

Neste sábado (2), o Instituto Datafolha divulgou pesquisa segundo a qual o petista venceria as eleições para presidente tanto em primeiro quanto em segundo turno, independemente dos adversários.