Empresáiro Flávio Rocha-(PRB). Foto: © Nacho Doce / Reuters.

O empresário Flávio Rocha (PRB), dono da Riachuelo, desistiu de ser candidato à Presidência.

O movimento abre espaço para que o seu partido, o PRB, declare apoio a outro candidato na corrida ao Planalto.

A sigla faz parte do grupo que discute se sela uma aliança com Ciro Gomes (PDT) ou com Geraldo Alckmin (PSDB), mas o PRB pende para um apoio ao presidenciável tucano.

Aliados de Rocha dizem que a retirada será justificada como um gesto a favor do país e contra “o flerte com os extremos”. O PRB deve fazer um apelo pela união das forças de centro em torno de um único projeto.

Ao abandonar a candidatura, Flávio Rocha dirá que abre espaço para o diálogo sobre a construção de uma proposta “mais equilibrada para o Brasil”.

Neste sábado (14), os presidentes dos quatro partidos do centrão -PRB, DEM, PP e Solidariedade- se reúnem em São Paulo para definir o caminho do bloco. Com informações da Folhapress.