O ex-goleiro Bruno começou, há cerca de dez dias, a prestar serviços ao Corpo de Bombeiros de Varginha (MG), cidade onde cumpre pena em regime fechado pela morte de Eliza Samúdio. Ele corta o mato e trabalha na limpeza do local.

Antes de iniciar o trabalho atual, Bruno chegou a dar aulas de futebol para crianças do Núcleo de Capacitação para a Paz (Nucap), atualmente suspensas por falta de verba.

De acordo com o G1, foi o próprio ex-atleta que se ofereceu para prestar os serviços ao Bombeiros, de modo a não ficar ocioso e a diminuir gradativamente a duração da pena.

Os advogados de Bruno acreditam que ele possa progredir ao regime semiaberto ainda este ano, em agosto.